Conforme a diretora financeira da Telefónica, Laura Abasolo, a empresa destina entre 80% a 70% de seu Capex para a infraestrutura.

Barcelona – Embora o grupo espanhol tenha iniciado com alguns anos de defasagem a levar  FTTH (fibra até a residência das pessoas) no mercado brasileiro em relação ao seu país-sede, atualmente o número de casas fibradas no Brasil já se iguala ao mercado espanhol, afirmou hoje, Laura Abasolo, chefe do Departamento Financeiro da Telefónica durante o MWC 2018.

Segundo a executiva, a Telefónica destina entre 80% a 70% de seus investimentos para a infraestrutura de telecomunicações de todas as empresas do grupo e 90 milhões de pessoas já têm fibras ópticas até suas residências no Brasil. Para Laura, as mudanças que estão ocorrendo no setor também fazem com que os prestadores de serviço busquem uma nova relação de negócios com os fabricantes. ” Não se trata mais de pressionar os fornecedores, mas decidir com eles qual é a estratégia, a velocidade, a flexibilidade”, disse.

Fonte:Tele.Sintese

Posts Anteriores

  • ABRINT 2018

    ABRINT 2018

    Estivemos no MAIOR encontro de PROVEDORES regionais da America Latina - ABRINT 2018. Este foi um ano muito especial, pois em 2018 a ABRINT completou 10 anos e montou um evento repleto de novidades, ampliando a quantidade de expositores, [...]

  • Reguladores e empresas descartam órgão dedicado ao compartilhamento de infra

    Reguladores e empresas descartam órgão dedicado ao compartilhamento de infra

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • Em abril, provedores regionais mantiveram ritmo de crescimento na banda larga

    Em abril, provedores regionais mantiveram ritmo de crescimento na banda larga

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • Banda larga ainda é lenta e concentrada no Brasil | ANATEL

    Banda larga ainda é lenta e concentrada no Brasil | ANATEL

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • ANATEL FAZ MEGA-OPERAÇÃO ANTIPIRATARIA EM SETE ESTADOS E 15 GRANDES DISTRIBUIDORES

    ANATEL FAZ MEGA-OPERAÇÃO ANTIPIRATARIA EM SETE ESTADOS E 15 GRANDES DISTRIBUIDORES

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.