Um projeto de lei quer que a Anatel tenha mais transparência na execução orçamentária dos fundos de fiscalização (Fistel) e de universalização (Fust). O PL 8943/17, de autoria do deputado Aureo (SD-RJ), altera a LGT ao exigir que a agência divulgue, em tempo real, dados de receita e despesa dos fundos. Em relação aos gastos, terá que identificar as destinações dadas aos recursos, mencionando a fundamentação legal.

A proposta diz que o objetivo é dar mais transparência à arrecadação e ao uso dos recursos dos dois fundos, citando auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), realizada em 2016, que apontou problemas na gestão dos recursos, como falta de monitoramento na aplicação dos valores e uso diverso do exigido pela legislação.

O PL 8943/17 tramita de forma conclusiva e será analisado pelas comissões de Defesa do Consumidor; Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e Constituição e Justiça e de Cidadania. Confira a íntegra da proposta clicando aqui.

Fonte:TeleTime

Posts Anteriores

  • ANATEL FAZ MEGA-OPERAÇÃO ANTIPIRATARIA EM SETE ESTADOS E 15 GRANDES DISTRIBUIDORES

    ANATEL FAZ MEGA-OPERAÇÃO ANTIPIRATARIA EM SETE ESTADOS E 15 GRANDES DISTRIBUIDORES

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • Lei 13.655, que muda relação entre regulados, reguladores e órgãos de controle

    Lei 13.655, que muda relação entre regulados, reguladores e órgãos de controle

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • BANDA LARGA FIXA: 29,7 MILHÕES DE ACESSOS EM MARÇO

    BANDA LARGA FIXA: 29,7 MILHÕES DE ACESSOS EM MARÇO

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • Operadoras ainda são tímidas em relação às políticas de dados

    Operadoras ainda são tímidas em relação às políticas de dados

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.

  • Entidades lançam campanha em defesa do acesso à Internet para todos no Brasil

    Entidades lançam campanha em defesa do acesso à Internet para todos no Brasil

    O conselho diretor da Anatel aprovou, meio de circuito deliberativo, prorrogação até o dia 1º de abril da consulta pública do Regulamento de Avaliação da Conformidade e Homologação de Produtos para Telecomunicações, que deverá substituir o regulamento e a norma atualmente em vigor.