vianatel-scm-anatel-outorga-licenca-anatel-locais-para-posicionar-o-roteador-e-melhorar-o-sinal-wi-fi

Há muitas maneiras de melhorar o sinal de Wi-Fi, mas, sem dúvida, posicionar o roteador corretamente é uma das mais eficientes de otimizar conexão. O local do aparelho determinará a distância e força alcançadas pela onda de rádio nos vários ambientes da casa ou escritório.

Por isso, é muito importante saber o que ajuda e o que prejudica o sinal transmitido pelo roteador. Confira as dicas a seguir e obtenha o melhor desempenho possível da sua rede sem fio.

 

Prefira a área central

Os roteadores são dotados de antenas omnidirecionais, que distribuem o sinal em todas as direções. Isso significa que, quanto mais ao centro da casa o aparelho estiver, melhor e de maneira mais uniforme, o Wi-Fi se espalhará pelo ambiente. Se o seu modem fica distante dessa região, use um cabo Ethernet para conseguir deixar o roteador na área central.

 

Coloque o roteador no alto

Outro fator importante é que as ondas de rádio irradiam para frente e para baixo. Como a maioria dos móveis ocupa o primeiro plano, essa região oferece sempre mais obstáculos físicos que a parte alta. Por isso, coloque o roteador em cima de estantes ou similares para desviar das barreiras.
A maneira como o sinal se propaga interfere sobretudo em casas com dois andares. Nestes casos, posicione o dispositivo colado ao teto ou no segundo andar, caso não seja possível comprar um repetidor.

 

Posicione a antena corretamente

Normalmente, o melhor jeito de posicionar a antena externa é deixando-a reta para cima, o que fará com que o sinal se espalhe de forma horizontal. Mas se o objetivo é fazer com que o Wi-Fi chegue em diferentes andares, o ideal é deixar a antena deitada – assim, as ondas serão disseminadas verticalmente.

 

Mantenha distância de outros eletrônicos

Muitos eletrônicos usam a frequência de 2,4 GHz, a mesma usada pelos roteadores. Isso interfere na emissão das ondas e provoca lentidão na rede.
Por essa razão, evite colocar o gadget perto de outros aparelhos, especialmente microondas, telefones sem fio, babás eletrônicas e caixas de som Bluetooth. Trocar para a faixa de 5 GHz é uma possibilidade para roteadores dual band, mas ela apresenta menor propagação pelo ambiente.

 

Evite obstáculos

Quanto mais grosso for o obstáculo a ser transposto pela onda, pior será o sinal de Wi-Fi. Então considere deixar o roteador o mais livre das paredes possível. Para isso, dê preferência aos cantos da casa próximos aos corredores, que ofecererão menos paredes a serem ultrapassadas.
A água também absorve o sinal, por isso a proximidade com aquários deve ser evitada. Espelhos, metais e outras superfícies refletoras farão com que a onda bata e volte, portanto igualmente precisam estar distantes do roteador.

 

Use uma lata de alumínio

O alumínio é um metal e, portanto, reflete a onda de rádio emitida pelo roteador. Isso é negativo na maior parte das vezes, a menos que você queira se aproveitar dessa característica para direcionar o sinal. Nesse caso, usar o truque da lata de alumínio na antena pode melhorar bastante o Wi-Fi.

O direcionamento pode ser desejável em uma série de situações. A mais comum delas é quando não existe meios de deixar o roteador em uma área central, e o aparelho fica em uma extremidade da casa. Como só interessa emitir o Wi-Fi em um sentido, a lata pode ser colocada na direção oposta.

 

Deixe longe de janelas

Não coloque o roteador na beirada ou próximo a janelas ou porta de varandas. A exposição ao sol pode superaquecer o aparelho, ao passo que temperaturas muito baixas também são nocivas.

 

Fonte: Techtudo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *