ANATEL QUER OUVIR SOCIEDADE SOBRE PROPOSTA DE OUTORGA ÚNICA DE SERVIÇO

Consulta pública ficará aberta até o dia 22 de novembro

A Anatel abriu, nesta segunda-feira (8), consulta pública para submeter a comentários e sugestões do público geral o Projeto Estratégico de Reavaliação do Modelo de Outorga e Licenciamento de Estações e propostas de alterações regulamentares e legislativas decorrentes. As propostas trazem alterações significativas e podem resultar, entre outros efeitos, na isenção de taxa de fiscalização de funcionamento (TFF) das estações móveis e destinadas a M2M. Tal medida teria impacto de R$ 2,2 bilhões na arrecadação anual do Fistel.

Por essa razão, um dos comandos do projeto é a criação de um grupo de estudos com a finalidade de propor, no prazo de 120 dias, solução tributária viável e apta a recompor, se for o caso, o impacto gerado com a alteração no licenciamento de estações móveis e “máquina a máquina”. Além dessa possível minuta de projeto de lei, outras serão encaminhadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações propondo alteração na Lei Geral de Telecomunicações, visando a adequação das propostas dos regulamentos gerais de outorga e de licenciamento de estações.

As propostas dos novos regulamentos ficarão em consulta pública por 45 dias, até o dia 22 de novembro. O texto prevê outorga única de serviços, redução do preço púbico de R$ 9 mil para R$ 400 e condições de dispensa de outorgas, entre outras novidades.

Veja aqui os textos disponíveis para consulta.

Fonte:TeleSintese

Posts Anteriores

  • Eletropaulo defende cassação de licença para quem faz uso irregular dos postes | CPFL

    A CPFL Paulista e da AES Eletropaulo estão fechando o cerco para o processo que consideram irregular de ocupação dos seus postes. As duas empresas se reuniram na semana passada durante workshop quando anunciaram intensificação da fiscalização e a instituição do mecanismo de autodenuncia para os que querem regularizar sua situação. A Eletropaulo ainda informou que vem defendendo junto à Anatel a cassação da concessão para os “clandestinos”.

  • MUM 2018

    Obrigado por nos visitar no MUM 2018!! A MikroTik User Meeting (MUM) é uma conferência sobre o software RouterOS e o hardware RouterBoard da MikroTik

  • Santander destaca equipe para acompanhar movimentação de ISPs

    As operadoras competitivas e provedores regionais de acesso devem ser os protagonistas, nos próximos anos, de movimentos de fusão e aquisição. Devem, ainda, atrair inúmeros fundos de investimentos, que vão ajudar a organizar este mercado e profissionalizá-lo. Esta é a previsão do Santander, que destacou uma equipe apenas para observar e aconselhar tais movimentos.

  • Conselho da Anatel adia decisão sobre TAC da Algar

    O Conselho Diretor da Anatel prorrogou a análise sobre proposta de celebração de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Algar Telecom sobre temas relacionados a direitos e garantias dos usuários, fiscalização e interrupções de chamadas.  A prestadora, que tem concessão de telefonia fixa nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás, tem multas no valor de aproximadamente R$ 70 milhões, que poderão ser trocadas por compromissos de investimentos.

  • ANATEL PUBLICA VALORES DE REFERÊNCIA PARA NOVOS PRODUTOS NO ATACADO

    A Anatel publicou nesta sexta-feira (30) os valores de referência para oferta de atacado de roaming de voz, roaming de dados e roaming de SMS, aluguel de dutos, bitstream, full unbundling e transporte de atacado. É a primeira vez que a Anatel estabelece valores de referência para esses produtos. De acordo com a decisão da agência, esses valores devem ser reavaliados nos próximos dois anos.

2018-10-10T21:33:43+00:00