Dados da Anatel mostram que serviço teve crescimento de 8,9% nos últimos 12 meses. Em relação a fevereiro, + 0,94%.

Os provedores regionais de acessos à internet e serviços de telecomunicações, que tinham perdido assinantes em fevereiro depois de mais de um ano de crescimento contínuo, voltaram a incorporar novos assinantes na banda larga fixa em março, de acordo com dados da Anatel divulgados hoje, 2. Naquele mês havia 29, 689 milhões de contratos de banda larga fixa ativos,+8,91% em doze meses.

Na comparação com fevereiro deste ano, o crescimento foi de 277.861 contratos (+ 0,94%). A Sercomtel, com mais 14.791 contratos ativos (+6,01%), foi o grupo com o maior crescimento percentual em março de 2018 comparado a fevereiro. Nesse período, os provedores regionais tiveram aumento 166.438 contratos (+3,45%). Já a Oi perdeu 27.278 assinantes. Veja abaixo os números:

 

Grupo Fevereiro/2018 Março/2018 quantidade porcentual
ALGAR (CTBC TELECOM) 550.214 554.428 4.214 0,77%
BT 20.680 21.072 392 1,90%
CABO 111.662 112.100 438 0,39%
OI 6.253.295 6.226.017 -27.278 -0,44%
Outras 4.831.059 4.997.497 166.438 3,45%
SERCOMTEL 246.250 261.041 14.791 6,01%
SKY/AT&T 359.248 358.933 -315 -0,09%
TELECOM AMERICAS (CLARO) 9.005.485 9.065.268 59.783 0,66%
TELECOM ITALIA (TIM) 422.639 430.416 7.777 1,84%
TELEFÔNICA (VIVO) 7.611.399 7.663.011 51.612 0,68%
TOTAL 29.411.931 29.689.783 277.852 0,94%

 

Em doze meses, os provedores regionais foram responsáveis por 70% do aumento da banda larga fixa no país. Saíram de 3.303.182 de contratos para 4.997.497 (+51,29%). Além deles, a Sercomtel teve o maior crescimento percentual, mais 92.876 contratos (+55,23%), e em segundo lugar ficou a TIM, mais 88.421 contratos (+25,85%). A Oi apresentou queda de 190.870 contratos (-2,97%). Confira a posição de cada grupo em 12 meses:

 

Grupo Fevereiro/2017 Fevereiro/2018 quantidade porcentagem
ALGAR (CTBC TELECOM) 507.795 554.428 46.633 9,18%
BT 23.196 21.072 -2.124 -9,16%
CABO 101.617 112.100 10.483 10,32%
OI 6.416.887 6.226.017 -190.870 -2,97%
Outras 3.303.182 4.997.497 1.694.315 51,29%
SERCOMTEL 168.165 261.041 92.876 55,23%
SKY/AT&T 330.993 358.933 27.940 8,44%
TELECOM AMERICAS (CLARO) 8.577.280 9.065.268 487.988 5,69%
TELECOM ITALIA (TIM) 341.995 430.416 88.421 25,85%
TELEFÔNICA (VIVO) 7.490.952 7.663.011 172.059 2,30%
TOTAL 27.262.062 29.689.783 2.427.721 8,91%

 

A empresa com maior participação no mercado é a Claro com 9.065.268 contratos de banda larga fixa (30,53%, seguida da Vvivo com 7.663.011 contratos (25,81%. Em terceiro lugar vem a  Oi com 6.226.017 contratos (20,97%). Os provedores regionais, reunidos na rubrica Outros, ocupam a quarta posição com 16,83%.

Fonte:TeleSíntese

Posts Anteriores

  • Duas toneladas de fios irregulares são recolhidas no Centro do Recife | Anatel

    Duas toneladas de fios irregulares são recolhidas no Centro do Recife | Anatel

    Duas toneladas de fios de redes irregulares de telecomunicação foram recolhidas na manhã desta segunda-feira (30) em postes na Avenida Conde da Boa Vista, no Centro do Recife, durante o primeiro dia da ação realizada pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) com o apoio da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU).

  • ANATEL FAZ NOVA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO SERVIÇO DE TELECOM

    ANATEL FAZ NOVA PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO SERVIÇO DE TELECOM

    Bancos pequenos e médios vão se tornar mais competitivos no mercado de emissão de boletos de pagamento. Uma das principais barreiras para a entrada das instituições de pequeno porte nesse mercado era a falta de uma ampla rede de agências no país nas quais esses boletos poderiam ser pagos, mas essa realidade começa a mudar com a nova regra para a cobrança desses documentos.

  • ACESSO À INTERNET CHEGA A 61% DOS DOMICÍLIOS BRASILEIROS, DIZ CETIC.BR | Anatel

    ACESSO À INTERNET CHEGA A 61% DOS DOMICÍLIOS BRASILEIROS, DIZ CETIC.BR | Anatel

    Bancos pequenos e médios vão se tornar mais competitivos no mercado de emissão de boletos de pagamento. Uma das principais barreiras para a entrada das instituições de pequeno porte nesse mercado era a falta de uma ampla rede de agências no país nas quais esses boletos poderiam ser pagos, mas essa realidade começa a mudar com a nova regra para a cobrança desses documentos.

  • Anatel aprova PGMC com nova definição de Prestador de Serviço de Pequeno Porte

    Anatel aprova PGMC com nova definição de Prestador de Serviço de Pequeno Porte

    Bancos pequenos e médios vão se tornar mais competitivos no mercado de emissão de boletos de pagamento. Uma das principais barreiras para a entrada das instituições de pequeno porte nesse mercado era a falta de uma ampla rede de agências no país nas quais esses boletos poderiam ser pagos, mas essa realidade começa a mudar com a nova regra para a cobrança desses documentos.

  • Para superar conflitos, Anatel esclarece as condições de interrupção da interconexão

    Para superar conflitos, Anatel esclarece as condições de interrupção da interconexão

    Bancos pequenos e médios vão se tornar mais competitivos no mercado de emissão de boletos de pagamento. Uma das principais barreiras para a entrada das instituições de pequeno porte nesse mercado era a falta de uma ampla rede de agências no país nas quais esses boletos poderiam ser pagos, mas essa realidade começa a mudar com a nova regra para a cobrança desses documentos.