Simples Nacional: Pagamento do Imposto poderá ser adiado.


Nesta quarta-feira (24/3), o Comitê Gestor do Simples Nacional aprovou o adiamento do pagamento de 3 competências do imposto das micro e pequenas empresas que fazem parte do regime do Simples Nacional. Além disso, permitiu a possibilidade de parcelamento dos valores.

O objetivo da medida é amenizar os impactos da crise econômica causada pela pandemia no país. A previsão é de que mais de 17 milhões de empresas se beneficiem com essa medida.

Com a prorrogação, os parcelamentos serão adiados da seguinte forma:

  • Impostos com vencimento original em abril de 2021 poderão ser pagos em duas parcelas iguais nos meses julho e agosto;
  • Impostos com vencimento original  em maio de 2021 poderão ser pagos em duas parcelas iguais nos meses setembro e outubro;
  • Impostos com vencimento original em junho de 2021 poderão ser pagos em duas parcelas iguais nos meses novembro e dezembro.


A medida já vigorou em março de 2020, no início da pandemia, quando houve a prorrogação por até seis meses.

O que é o Simples Nacional?

Provedor, o Simples Nacional é um regime tributário aplicável às microempresas e empresas de pequeno porte e abrange os seguintes impostos:

  • Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL);
  • PIS/Pasep;
  • Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Imposto sobre Produto Industrializado (IPI);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);

Esse regime surgiu com o objetivo de reduzir a burocracia e os custos de pequenos empresários. Assim, você conta com apenas um sistema unificado de recolhimento de tributos que é muito favorável aos Provedores de Internet. 

Se você tem alguma dúvida sobre o adiamento do pagamento de impostos do Simples Nacional fale com o nosso time Pós Outorga, eles estão à disposição para qualquer esclarecimento. 

2021-03-25T16:34:40+00:00